POSTAGENS MAIS RECENTES DO BLOG

SIGA-NOS NO FACEBOOK

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

ENXUGUE AS LÁGRIMAS...




Já reguei muitas vitórias, com lágrimas e mais lágrimas. Porém, em meio às circunstâncias, uma Palavra de Deus, um canto de louvor, arrancado do adormecimento da alegria, me fez renovar as forças. O profeta Jeremias, em suas Lamentações declarou: “Já pereceu minha força e a minha esperança no Senhor. Lembra-Te da minha aflição e do meu pranto, do absinto e do fel. Minha alma certamente disto se lembra, e se abate dentro de mim.” Lm 3:19-23.

Você pode imaginar um profeta, ungido, amigo de Deus, fazendo tal declaração? É que não somos os únicos a experimentarmos tristeza e sentimento de fracasso. Pode ser que tenhamos chegado a tal situação por conta de pecado, ou, a exemplo do justo Jó, estamos sendo provados pelo inimigo. Não sei. Tudo que sei é que em qualquer situação Jesus é a solução. Jó, em meio a mais profunda dor, declarou: “Eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim, se levantará de sobre a terra” Jó 19:25

Jeremias, em meio ao caos, entre cadáveres, e destruição por ocasião do cativeiro Babilônico ergue o espírito a Deus e diz: “Bom é o Senhor para os que esperam Por Ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança e aguardar em silêncio a salvação do Senhor” Lm 3:25, 26. Nossa fé, não está firmada em argumentos naturais, porque estes são incapazes de produzir livramento. Do alto, é que vem o socorro. É para lá que devemos voltar nosso olhar.
Deus fez as lágrimas com um propósito muito especial, através delas expressamos os sentimentos mais profundos do nosso ser. Por mais amados que sejamos para Deus, Ele permite passarmos por momentos em que o choro, torna-se inevitável. Davi pronunciou em um de seus Salmos: “Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas” Sl 6:6.

A tristeza, contudo, não deve ser senhora de nós, porque ao nos entregarmos as situações de derrota, ficamos impossibilitados de agir com fé. A fé em Cristo Jesus, nos livra de “morrermos na fornalha”: “Então Nabucodonosor se encheu de furor e mudou-se o aspecto de seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abdenego; falou e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer” Dn 3:19.

Parecia uma situação insuportável, invencível. Em nossas vidas, temos momentos assim, em que as provações vêem com força dobrada, e aos olhos naturais, o desânimo pode nos derrubar, antes mesmo de “adentrarmos no fogo”. É só o começo da história, e já confessamos: “Não vou conseguir, não suporto”.  Isto não acontece só com você, acontece comigo e aconteceu com grandes homens de Deus. A fornalha não consumiu a Mesaque, Sadraque e Abdenego, eles saíram sãos e salvos. "Quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti" Is 40:2. Não estamos livres da prova, mas em Jesus, encontraremos ânimo para vencê-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras são preciosas. Use-as para edificação. Agradeço sua visita e Volte sempre! Não aceito comentários de anonimos. Assine seus comentários, ok?

COMENTE

AS MAIS LIDAS:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VISITANTES RECENTES